· 

COMO SER GRATO POR TODAS AS COISAS

Por Billy Graham | 21 Novembro 2017


Estás agradecido por tudo? Talvez tenhas perdido o emprego recentemente, porque a economia continua em dificuldades. Ou podes ter perdido a saúde ou um ente querido. Essas circunstâncias podem ser extremamente difíceis. Mesmo assim, todos temos muito a agradecer. Vê comigo a história de um homem que tinha todo o direito de ser amargo - mas não era.

 

Os próximos passos no corredor, ele sabia, poderiam ser os dos guardas a levarem-no para a sua execução. A sua única cama era o chão duro e frio de pedra da cela húmida e apertada da prisão. Nem uma hora se passou sem que ele estivesse livre da constante irritação das correntes e da dor das algemas de ferro que cortavam os seus pulsos e pernas.

 

Separado de amigos, acusado injustamente, tratado com brutalidade - se alguma pessoa teve o direito de reclamar, foi este homem, definhando quase esquecido numa dura prisão romana. Mas em vez de reclamações, os seus lábios entoaram palavras de louvor e ação de graças!

 

O homem era o apóstolo Paulo - um homem que aprendera o significado da verdadeira ação de graças, mesmo em meio a grandes adversidades. Anteriormente, quando estava preso em Roma, Paulo escreveu: “Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração; dando sempre graças por tudo ao nosso Deus e Pai, em nome do Senhor Jesus Cristo;” (Efésios 5: 19- 20, ARC).

 

Pensa nisso: sempre a agradecer por tudo - não importa as circunstâncias! O Dia de Ação de Graças para o apóstolo Paulo não foi uma celebração anual, mas uma realidade diária que mudou a sua vida e o tornou numa pessoa alegre em todas as situações.

 

Ação de graças - dar graças - a Deus por todas as Suas bênçãos deve ser uma das marcas mais distintas do crente em Jesus Cristo. Não devemos permitir que um espírito de ingratidão endureça o nosso coração e esfrie o nosso relacionamento com Deus e com os outros.

 

Nada nos transforma em pessoas amargas, egoístas e insatisfeitas mais rapidamente do que um coração ingrato. E nada mais fará restaurar o contentamento e a alegria da nossa salvação do que um verdadeiro espírito de gratidão.

 

Antigamente, a lepra era uma doença terrível. Isso desfigurava irremediavelmente aqueles que a possuíam e isolava-os permanentemente da sociedade normal. Sem exceção, todo o leproso ansiava por uma coisa: ser curado.

 

Um dia, dez leprosos aproximaram-se de Jesus fora de uma aldeia, implorando em voz alta para que os curasse. Num instante, Ele restaurou perfeitamente a saúde de todos - mas apenas um voltou e agradeceu. Todos os outros partiram sem um agradecimento, a mente preocupada apenas consigo mesma, dominada por um espírito de ingratidão.

 

Hoje, também, a ingratidão e a falta de gratidão são muito comuns. Os filhos esquecem-se de agradecer aos pais por tudo o que fazem. A cortesia comum é desprezada. Consideramos como garantidas as maneiras como os outros nos ajudam. Acima de tudo, deixamos de agradecer a Deus pelas Suas bênçãos.

 

A ingratidão é um pecado, assim como a mentira, o roubo, a imoralidade ou qualquer outro pecado condenado pela Bíblia. Uma das acusações da Bíblia contra a humanidade rebelde é que "porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu" (Romanos 1:21, ARC). Um coração ingrato é um coração frio para com Deus e indiferente à Sua misericórdia e amor. É um coração que se esqueceu de como somos dependentes de Deus para tudo.

 

De uma ponta à outra da Bíblia, somos ordenados a ser gratos. Na verdade, gratidão é o fluir natural de um coração que está em sintonia com Deus. O salmista declarou: “Cantai ao Senhor em ações de graças” (Salmo 147: 7, ARC). Paulo escreveu: “Sede agradecidos” (Colossenses 3:15, ARC). O espírito de ação de graças é sempre a marca de um cristão alegre.

 

Porque devemos ser gratos? Porque Deus nos abençoou e devemos ser gratos por cada bênção.

 

 

 

Agradece a Deus pelas bênçãos materiais que Ele te concede

Parece que nunca estamos satisfeitos com o que temos - ricos ou pobres, saudáveis ou doentes. Mas que diferença faz quando percebemos que tudo o que temos foi-nos dado por Deus! O rei Davi orou: “riqueza e glória vêm de diante de ti ... graças te damos, e louvamos o nome da tua glória ... tudo vem de ti” (1 Crônicas 29: 12-14, ARC).

 

Há alguns anos, visitei um homem rico e bem-sucedido. Ele era invejado por todos os seus amigos e colegas de trabalho. Mas, enquanto conversávamos, ele desatou a chorar, confessando que estava infeliz por dentro. A riqueza não foi capaz de preencher o vazio no seu coração.

 

Algumas horas depois, visitei outro homem a apenas uma curta distância. A sua casa era humilde, e ele não tinha quase nada com as posses deste mundo. E ainda assim, o seu rosto estava radiante quando ele me contou sobre a obra que estava a fazer para Cristo e como Cristo havia preenchido a sua vida de significado e propósito. Estou convencido de que o segundo homem era realmente o homem rico. Embora ele não tivesse muito, ele aprendeu a ser grato por tudo que Deus lhe deu. Paulo declarou: “Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas, estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade” (Filipenses 4:12, ARC). Um espírito de gratidão faz toda a diferença.

 

Estás constantemente preocupado com o que não tens? Ou aprendeste a agradecer a Deus pelo que tens?

 

 

Agradece a Deus pelas pessoas na tua vida

É tão fácil não dar valor às pessoas, ou mesmo reclamar e ficar com raiva porque elas não atendem a todos os nossos desejos. Mas precisamos de dar graças por aqueles ao nosso redor – o nosso marido, os nossos filhos, os nossos parentes, os nossos amigos e outras pessoas que nos ajudam de alguma forma.

 

Uma vez, recebi uma carta de uma mulher que começou a contar-me como era afortunada por ter um marido gentil e atencioso. Ela usou quatro páginas para descrever todos os seus defeitos! Quantos casamentos e outros relacionamentos esfriam e, eventualmente, são destruídos por causa do pecado da ingratidão?

 

Permites que os outros saibam que os aprecias e és grato por eles? Os cristãos em Corinto estavam longe de ser perfeitos, mas Paulo começou a sua primeira carta para eles dizendo: “Sempre dou graças ao meu Deus por vós…” (1 Coríntios 1: 4, ARC). Quando um grupo de crentes (que Paulo nunca conheceu) saiu para saudá-lo quando ele se aproximou de Roma, lemos que “Paulo vendo-os, deu graças a Deus, e tomou ânimo.” (Atos 28:15, ARC). Agradece a Deus por aqueles que tocam a tua vida.

 

 

Graças a Deus em meio a provações e até mesmo perseguição

Afastamo-nos das dificuldades, mas nenhum de nós está isento de algum tipo de problema. Em muitas partes do mundo é perigoso até mesmo ser cristão por causa da perseguição.

 

E ainda assim, em meio a essas provações, podemos agradecer a Deus, porque sabemos que Ele prometeu estar connosco e que nos ajudará. Sabemos que Ele pode usar os momentos de sofrimento para nos aproximar de Si mesmo: “Tende grande gozo quando cairdes em várias tentações, sabendo que a prova da vossa fé obra a paciência” (Tiago 1: 2 -3, ARC).

 

Quando o profeta Daniel soube que homens maldosos estavam a tramar algo contra ele para o destruir, “três vezes no dia se punha de joelhos, e orava e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer” (Daniel 6:10, ARC). A Bíblia ordena: “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus, em Cristo Jesus, para convosco.” (1 Tessalonicenses 5:18, ARC). Paulo declarou: “Agradeçam a Deus Pai, que vos tornou dignos de tomar parte na herança reservada ao seu povo, no reino da luz” (Colossenses 1:12, BPT).

 

Não sei que provações podes estar a enfrentar agora, mas Deus sim, e Ele ama-te e está contigo pelo Seu Espírito Santo. Cultiva um espírito de gratidão mesmo em meio a provações e mágoas.

 

“Deus deu-nos o maior presente de todos – o Seu Filho, que morreu na cruz e ressuscitou para que possamos conhecê-lo pessoalmente e passar a eternidade com Ele no céu.”

 

 

Agradece a Deus especialmente pela sua salvação em Jesus Cristo

Deus deu-nos o maior presente de todos – o Seu Filho, que morreu na cruz e ressuscitou para que possamos conhecê-lo pessoalmente e passar a eternidade com Ele no céu: “Graças a Deus, pois, pelo seu dom inefável!” (2 Coríntios 9:15, ARC).

 

A Bíblia diz-nos que estamos separados de Deus porque pecamos. Mas Deus ama-nos - Ele ama-te, Ele ama-me - e deseja que sejamos parte de Sua família para sempre. Ele ama-nos tanto que enviou o Seu único Filho ao mundo para morrer como um sacrifício perfeito pelos nossos pecados. Tudo o que precisamos de fazer é alcançar com fé e aceitar a Cristo como nosso Salvador e Senhor: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigénito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16, ARC).

 

Abriste o teu coração para Jesus Cristo? Se não, volta-te para Ele com uma oração simples de arrependimento e fé e agradece o que Ele fez por ti. E se conheces a Cristo, há quanto tempo não agradeces a Deus pela tua salvação? Não devemos deixar passar um dia sem agradecer a Deus pela Sua misericórdia e graça para nós em Jesus Cristo.

 

 

Agradece a Deus pela Sua presença e poder contínuos na tua vida

Quando vamos a Cristo, não é o fim, mas o início de uma vida totalmente nova! Ele está connosco e quer ajudar-nos a segui-Lo e à Sua Palavra.

 

Em nós mesmos, não temos a força de que precisamos para viver da maneira que Deus deseja que vivamos. Mas quando nos voltamos para Ele, descobrimos que “Deus é o que opera em vós, tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” (Filipenses 2:13, ARC). Jesus prometeu aos Seus discípulos: “É-me dado todo o poder, no céu e na terra. E eis que estou convosco, todos os dias, até à consumação dos séculos. Ámen.” (Mateus 28:18, 20, ARC).

 

Em muitos países, um dia especial é reservado todos os anos para a ação de graças. Mas para o cristão, cada dia pode ser um dia de ação de graças, pois “dando sempre graças por tudo ao nosso Deus e Pai, em nome do nosso Senhor Jesus Cristo.” (Efésios 5:20, ARC).

 

Conheces a alegria de um relacionamento pessoal com Deus por meio de Jesus Cristo? Se te voltares para Deus, Ele pode tirar a tua amargura e dar-te o espírito de verdadeira gratidão.

 

 

*Artigo original aqui
https://billygraham.org/story/how-to-be-thankful-in-all-things/

Write a comment

Comments: 0

 

 

CONTACTOS

NACIONAL e LISBOA - Júnia Barbosa - 914702199 - info@familylife.pt

PORTO - Miriam Pego - 936114343 - porto@familylie.pt